segunda-feira, 12 de novembro de 2012

GEOGRAFIA URBANA



01- As afirmativas a seguir abordam alguns aspectos do tema Urbanização no Brasil. Analise-as atentamente.

1) Para analisar o crescimento das cidades no Brasil, é importante destacar a população total, a população caracterizada como urbana, o índice de urbanização no ano em que foi realizado o censo e as taxas de crescimento dessa urbanização.
2) A grande cidade no Brasil se torna o lugar de todos os capitais e de todos os trabalhos, isto é, o teatro de numerosas atividades marginais do ponto de vista tecnológico, organizacional, financeiro, previdenciário e fiscal.
3) A urbanização no Brasil deve ser entendida como um processo que resulta da transferência de pessoas do campo para a cidade, isto é, o crescimento da população urbana em face do êxodo rural.
4) Entre os fatores repulsivos que contribuíram sensivelmente para a aceleração do êxodo rural no Brasil, estão à concentração de terras, a mecanização da lavoura e a falta de apoio governamental mais efetivo ao homem do campo.
5) A rede urbana no Brasil é formada pelo sistema de cidades, interligadas umas às outras através dos sistemas de transportes e de comunicações, pelos quais fluem pessoas, mercadorias e informações.

Estão corretas apenas:
a) 1 e 4 apenas
b) 3 e 5 apenas
c) 1, 2 e 3 apenas
d) 2, e 5 apenas
e) 1, 2, 3, 4 e 5
__________________________________________________________________
02- “O processo de urbanização é geral, mas não é regionalmente uniforme. Do ponto de vista regional, registram-se fortes diferenças no ritmo da transferência da população do meio rural para o meio urbano”.
(Magnoli & Araujo, 2005, p.184).

Sobre a urbanização brasileira podemos afirmar que:

I. exclusivamente a sua grande dinâmica industrial, a Região Sul é a segunda mais urbanizada do País.
II. as regiões que apresentam os menores níveis de urbanização são a Centro-Oeste e a Norte.
III. a urbanização do Centro-Oeste acentuou-se na segunda metade do século passado, com a elevada concentração fundiária e com a mecanização da agricultura da soja.
IV. as desigualdades no ritmo da urbanização entre as regiões brasileiras refletem as disparidades econômicas regionais e a inserção diferenciada de cada região na economia nacional.

Assinale a alternativa que apresenta todas as afirmativas corretas:

a) II, III e IV
b) I e II
c) I, II e III
d) I, II e IV
e) II e IV
 ______________________________________________________________

03- O modelo de urbanização do território brasileiro é caracterizado principalmente por apresentar enormes contradições. Independente do tamanho das cidades encontramos uma série de carências nos setores de habitação, transportes, lazer, saneamento ambiental, educação e saúde. Mas na metrópole tais problemas tornam-se ainda mais visíveis. Nesse sentido é CORRETO afirmar sobre as metrópoles que são:

a) Cidades globais onde concentram conhecimentos em serviços ligados à globalização.
b) Núcleos urbanos onde há uma tendência a um equilíbrio da demanda entre as classes sociais, fato que ultrapassa o processo de segregação espacial.
c) Cidades onde a infraestrutura urbana atende as demandas sociais, independentemente do processo de estratificação sócio-espacial.
d) Formadas por uma rede de cidades por onde transitam a maior parte dos fluxos de capital que alimentam os mercados financeiros internacionais.
e) Cidades que organizam e reorganizam o espaço urbano em favor das carências sociais, sobretudo com a ação do Estado.
__________________________________________________________________  
04- Leia os textos abaixo. 

I - "Intenso processo de urbanização, envolvendo vários núcleos urbanos, cada qual com administração autônoma, porém de vida, infinitamente, vinculada à cidade principal".
II - "Grandes espaços urbanizados, envolvendo vários núcleos urbanos, com administração única, vinculada à cidade principal".
III - "Conjunto de cidades integradas física e funcionalmente em um núcleo básico, mas em processo de estagnação econômica".

A análise dos textos I, II e III permite-se afirmar que o conceito de área metropolitana aparece em:
a) I, II e III.
b) I, II.
c) I, III.
d) II.
e) I.
 __________________________________________________________________  
05- Para analisar a rede urbana brasileira atual, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) propõe uma classificação das cidades, de modo a configurar uma hierarquia, segundo o porte e o alcance das cidades que compõem a rede.


De acordo com a proposta do IBGE, o exemplo de Curitiba no Paraná é classificado como:


a) Metrópole Global
b) Metrópole Regional
c) Megalópole Nacional
d) Megacidade
e) Centro Regional
__________________________________________________________________  

06- Assinale a alternativa que completa corretamente a assertativa abaixo.


No pós segunda guerra mundial, o crescimento industrial alterou a localização das regiões fabris de S. Paulo. A indústria ultrapassou os limites do município da capital, difundindo-se para as cidades vizinhas e acelerando o processo de ___________________.

a) polarização                          
b) hierarquização                       
c) globalização  
d) conurbação 
e) tecnopolização
__________________________________________________________________ 
07- Assinale a alternativa que NÃO pode ser considerada como fator concorrente para a urbanização:

a) A estrutura fundiária injusta que, através do minifúndio, é incapaz de atender às necessidades básicas de uma família.
b) A procura de emprego nas capitais para atender às mínimas necessidades de sobrevivência dos trabalhadores rurais desempregados. 
c) A concentração de terras através de grandes latifúndios improdutivos.
d) Os grandes salários que os trabalhadores rurais recebem nas capitais do país. 
e) O difícil acesso à terra através de uma política de concentração da mesma realizada pelo grande capital.
__________________________________________________________________ 
08- A urbanização brasileira é reflexo direto do: 

a)crescimento do êxodo rural, consequência da nova lei de terras aprovada no início da República. 
b)sistema implantado pelo desenvolvimento industrial concentrado na área rural.
c)intenso crescimento do mercado consumidor, que exige grandes metrópoles. 
d)intenso processo de industrialização desencadeado após a década de 1950. 
e)quadro apresentado pelas cidades do interior, que desempenham o papel de áreas de repulsão.

__________________________________________________________________  

09- A Revolução Industrial transformou a vida da população mundial, que passou a se deslocar para as cidades em busca de trabalho nas indústrias. Sobre a urbanização da população mundial, identifique as afirmativas corretas:

I- As taxas de natalidade, com a Revolução Industrial, aumentaram na Europa Ocidental, causando explosão demográfica nessa região. 
II- As condições sanitárias foram melhoradas nas cidades, tendo como consequência a redução das doenças endêmicas e epidêmicas.
III- A inserção, cada vez maior, das mulheres no mercado de trabalho tem reduzido taxas de fertilidade nas populações urbanas. 

As alternativas corretas são:
a) I e II 
b) I e III
c) II e III 
d) apenas a II
e) todas
  __________________________________________________________________ 
10- A urbanização dos países subdesenvolvidos constitui um fenômeno marcante da segunda metade do século XX. As características desse fenômeno, na América Latina, expressas na paisagem urbana das metrópoles, são decorrentes da

a) instalação de indústrias de bens de produção nos arredores das pequenas cidades e próximas às fontes de matéria-prima. 
b) industrialização tardia e da modernização das atividades agrícolas, conjugadas à concentração de pessoas nas grandes cidades. 
c) aglomeração humana e do aumento do poder aquisitivo da população, favorecidos pela expansão do capital financeiro na economia. 
d) inovação tecnológica e do aumento da produtividade das indústrias de bens de consumo, para suprirem as necessidades da vida urbana. 
e) implementação de parque industrial e da regulação, por meio do planejamento governamental, de deslocamentos populacionais para as cidades.
  __________________________________________________________________

11- Observe o mapa.
 

Trata-se da representação das 
a) áreas de maior fluxo turístico.
b) principais áreas de recepção de migrantes.
c) áreas de maior industrialização.
d) áreas de maior crescimento vegetativo. 
e) principais áreas de concentração populacional.  
 __________________________________________________________________
12- A recente urbanização brasileira tem características parcialmente representadas nas situações I e II dos esquemas acima. Considerando essas situações, é correto afirmar que, entre outros processos,
 
a) I representa a involução urbana de uma metrópole regional
b)
 
13- A Revolução Industrial transformou a vida da população mundial, que passou a se deslocar para as cidades em busca de trabalho nas indústrias. Sobre a urbanização da população mundial, identifique as afirmativas corretas:

(01) A urbanização mundial iniciou-se no Japão, principal centro industrial e exportador do século XIX, o que promoveu a redução da taxa de mortalidade.
(02) O avanço da urbanização mundial transfor­mou o crescimento natural ou vegetativo da população.
(04) As condições sanitárias foram melhoradas nas cidades, tendo como conseqüência a redução das doenças endêmicas e epidêmicas.
(16) As taxas de natalidade, com a Revolução Industrial, aumentaram na Europa Ocidental, causando explosão demográfica nessa região.
(32) A inserção, cada vez maior, das mulheres no mercado de trabalho tem reduzido taxas de fertilidade nas populações urbanas.
  
14- Nos países industrializados, a migração campo-cidade tem como causa fundamental:

a) carência de melhores condições sociais no campo.
b) baixa produtividade agrícola.
c) pressão demográfica no campo.
d) dificuldade de aquisição de terras.
e) liberação de mão-de-obra pela mecanização. 
 
15- Sobre o surto de urbanização que se verifica no mundo, é correto afirmar que:

a) é verificado com a mesma intensidade nos países desenvolvidos e subdesenvolvidos;
b) é provocado em todo o mundo pelos altos índices de natalidade;
c) é um fenômeno característico dos países industrializados europeus; 
d) é mais intenso nos países subdesenvolvidos, tendo como causa o êxodo rural; 
e) é mais intenso nos países desenvolvidos, devido ao desenvolvimento industrial. 
 


16- Leia:


“[...] quanto mais o espaço e a distância se reduzem, maior é a importância que sua gente lhe atribui [...] e mais obsessivamente as pessoas traçam e deslocam fronteiras. É sobretudo nas cidades que se observa essa furiosa atividade de traçar e deslocar fronteiras entre as pessoas.”
(Zygmunt BAUMAN. Confiança e medo na cidade. Rio de Janeiro:


Zahar, 2005. p. 75)

Considerando a visão do autor e o que você conhece das nossas realidades urbanas é correto afirmar que

a) essa ação de criar fronteiras e obstáculos (inclusive físicos) para as relações sociais nas cidades brasileiras ainda não é um fato comum.
b) principalmente nas cidades mais pobres do país, a confiança nas relações sociais se enfraqueceu, o que é revelado pela presença acintosa de muros.
c) muros, guaritas e grades marcam boa parte da arquitetura urbana das nossas grandes cidades, revelando o avanço do medo nas relações urbanas.
d) confiança nas relações sociais, em situações nas quais as pessoas se aglomeram (que é o que caracteriza as cidades) é algo que, de fato, sempre perde para o medo.
e) condomínios fechados e shoppings não podem ser vistos como elementos de uma arquitetura defensiva, pois não impedem relações sociais amplas e livres.
 
 17- Observe a figura.






 

O desenho ilustra uma situação comum observada em muitas cidades brasileiras. Com base nessa ilustração, é possível afirmar que

a)  os terrenos com altas declividades não são ocupados por causa de suas características físicas que impossibilitam a construção de casas.
b) as ocorrências de escorregamento de encostas e de queda de blocos são mais comuns em áreas de ocupação irregular.
c) apesar da carência de infraestrutura, as comunidades que vivem nesses locais raramente são afetadas por problemas ambientais e de saúde pública.
d) a retirada da cobertura vegetal original pouco interfere no escoamento das águas pluviais.
e) as moradias construídas próximas de rochas expostas não são consideradas áreas de riscos devido à pouca mobilidade das rochas.
 
18- Observe o gráfico:
 
Sobre os fatores relacionados ao processo de urbanização nas regiões brasileiras, assinale a alternativa correta:

a) A urbanização é mais lenta nas regiões onde predomina a agricultura de alta intensidade técnica.
b) Na Região Norte, o processo de urbanização é a principal causa do desmatamento.
c) Na Região Centro-Oeste, a urbanização é alimentada pelo êxodo rural resultante da crise do setor agrícola.
d) No Sudeste, o elevado grau de urbanização é um reflexo da baixa produtividade do setor agrícola.
e) No Sul, a urbanização foi impulsionada pela concentração da propriedade fundiária e pela modernização técnica da agricultura.


 

18- A charge se refere


a) à desigualdade social e à lentidão do processo de urbanização baiana, o que explica seus problemas estruturais.
b) ao aumento da violência urbana, resultante, entre outros fatores, da especulação imobiliária que permeia a ocupação do espaço urbano, contribuindo para a excludência social.
c) ao fato de a economia das cidades brasileiras ter se restringido ao setor secundário, razão pela qual apresentam os indicadores sociais mais baixos da América Latina.
d) à expansão urbana ordenada e às políticas de combate à marginalidade, que conspiram a favor de umaurbanização responsável.
e) à vulnerabilidade dos centros urbanos brasileiros, especialmente a cidade do Salvador, em relação ao êxodo rural, que, se combatido por políticas públicas, permitirá um melhor gerenciamento das questões estruturais.


 

19- O crescimento da taxa de urbanização bem como a falta, muitas vezes, de planejamento urbano implicam aumento da degradação ambiental. Sobre esse assunto, assinale V para verdadeiro e F para falso:

(  V  ) Nas áreas urbanas, as alterações ambientais englobam o aumento da temperatura, as alterações do relevo e da cobertura vegetal e a contaminação dos recursos hídricos.
(  V  ) Os movimentos de massa ocorrem naturalmente no ambiente, porém são potencializados pela ocupação desordenada das encostas, como acontece em várias grandes cidades brasileiras.
(  V ) A impermeabilização do solo pode acarretar um aumento na intensidade dos alagamentos em grandes cidades, como o Recife, mas não interfere diretamente no Ciclo Hidrológico.
( F  ) A forte urbanização que vem ocorrendo nos países subdesenvolvidos acarreta fortes alterações climáticas regionais, mas não é capaz de interferir no microclima, como seria de se esperar.
(  V  ) A fauna e a flora são diretamente afetadas pela urbanização acelerada, ocorrendo, assim, perdas de espécies endêmicas e alterações do ecossistema local.


 

20- O inverno de 1995 em São Paulo foi marcado por elevadas temperaturas e falta de chuvas. Foi comum noticiar-se, durante vários dias, a ocorrência de inversões térmicas na Grande São Paulo.
As inversões térmicas são um fenômeno no qual
a) a ação exercida pelo gás carbônico sobre as radiações solares impede estas de chegarem à superfície terrestre, interceptando-as e transmitindo-as de volta à atmosfera.
b) constantes nevoeiros se formam sobre as cidades, provocados pela poluição e correspondendo à famosa garoa paulistana.
c) faz mais calor e chove um pouco mais nas áreas urbanas do que nas áreas rurais vizinhas, devido ao asfaltamento das ruas e à grande quantidade de micropartículas no ar.
d) o ar junto à superfície terrestre é mais frio e mais pesado do que as camadas atmosféricas acima dele, impedindo a formação de correntes ascendentes na atmosfera.
e) há elevação da temperatura urbana, provocada pelo avanço da massa tropical continental, quando a massa polar atlântica é fraca.
  
__________________________________________________________________

21- Com base no conteúdo das estrofes apresentadas abaixo , pode-se afirmar que:                   
"(...) Essa é uma possibilidade
Em que poucos podem ter pensado
A água engolindo e tragando as cidades
Tragédias surgindo por todos os lados. (...)
Efeito estufa, poluição crescente,
Temperaturas ganham intensidade,
A água avança sobre os continentes,
Distúrbios explodem com ferocidade."
(Fogo e Água, Tribo de Jah.)

a) o efeito estufa perde intensidade com o crescimento vertical das cidades.
b) o desequilíbrio ecológico, nos centros urbanos, é o principal responsável pelas enchentes urbanas.
c) o avanço da água sobre os continentes é um fenômeno de origem antrópica.
d) o aumento da temperatura é responsável pela freqüência dos desastres ecológicos.
e) o homem mantém o equilíbrio ecológico com os recursos técnico-científicos. 

  __________________________________________________________________


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...