quinta-feira, 27 de setembro de 2012

DINÂMICA DEMOGRÁFICA BRASILEIRA



Como podemos perceber antes da 2ª Guerra Mundial (inicio da Industrialização do Brasil) tínhamos altas taxas de natalidade porém altas taxas de mortalidade, ou seja, o crescimento vegetativo era baixo. Isso ocorreu pois a população era predominantemente rural e tanto a qualidade de vida como o acesso a saúde eram precários.

Já na década de 60 com a industrialização mais desenvolvida a população migra para as cidadesas causando o movimento chamado “êxodo rural” e com uma melhor qualidade de vida nas cidades as taxas de mortalidade diminuíram já as taxas de natalidade mantinha-se altas ocorrendo à “explosão demográfica” e tinhamos um crescimento vegetativo alto.

Após os anos 60 a população passa a ser predominantemente urbana e devido as crises econômicas, altos custos de vida, mulher inserida no mercado entre outros assistimos a uma diminuição na s taxas de crescimento vegetativo no país.

Fatores para a queda na taxa de natalidade:

1) Inserção da mulher no mercado de trabalho.
2) Maiores despesas com os filhos no mundo globalizado.
3) Métodos Anticoncepcionais
4) Urbanização

           Fatores para a queda na taxa de mortalidade:

1) Aumento da expectativa de vida
2) Melhores padrões sanitários
3) Desenvolvimento das ciências médicas e da assistência hospitalar
4) Elevação no nível educacional da população
5) Urbanização

Bons Estudos !!!

Prof. Luiz  Fernando Wisniewski – Geografia 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...