domingo, 14 de junho de 2015

10 LUGARES QUE FARÃO VOCÊ SE SENTIR NO FILME MAD MAX

Mesmo com o alarme de ambientalistas, ainda falta muito chão para o mundo ganhar o visual seco, quente e apocalíptico de "Mad Max: Estrada da Fúria". Lançado em maio deste ano, o filme revela, em meio a supervelozes cenas de perseguições, impressionantes cenários desérticos.
Pois é possível testemunhar cenários muito parecidos no mundo atual. Veja, na galeria acima, fotos de 10 lugares pelo planeta que têm tudo a ver com as cenas do filme dirigido por George Miller. Você vai se sentir na pele de Max - ou melhor: na pele de Furiosa.

1 - Deserto de Gobi, Mongólia

Passear pelo maior deserto da Ásia é se desligar do mundo por alguns dias, viajar em uma interminável planície sem estradas, confiando plenamente no senso de direção do seu guia, sem acesso a telefone e internet.
2 - Deserto do Atacama, Chile

Uma fronteira geopolítica separa Uyuni de Atacama - no fundo, o ecossistema é o mesmo. Apesar de a altitude de Atacama ser um pouco menor, no lado chileno do deserto também há lagunas, vulcões desativados, gêiseres, flamingos e planícies cobertas de sal.
3 - Deserto da Namíbia, Namíbia.

Local de gravação do filme Mad Max Road of Fury. É possível que esse deserto, que abrange uma faixa litorânea de quase 2 mil quilômetros, no sudoeste da África, seja o mais antigo do planeta. Pesquisas indicam que o terreno árido tenha surgido entre 55 e 80 milhões de anos atrás.
4 - Salar de Uyuni, Bolívia.

Ao entrar no deserto de sal e lagunas pela cidadezinha de Uyuni, na Bolívia, a primeira parada é num descampado repleto de sucatas de trens antigos - alguns datam do século 18. O cemitério de trens atrai os visitantes por sua atmosfera apocalíptica, digna de Mad Max - principalmente quando se observa os maquinários em desuso, totalmente enferrujados.
5 - Bonneville Salt Flats, EUA.

O Bonneville Salt Flats - o deserto de sal de Utah, nos Estados Unidos, tem 120 quilômetros quadrados e fica perto da fronteira com o estado de Nevada. O local atrai visitantes para testar veículos de alta velocidade - nada mais Mad Max do que isso.
6 - Arches National Park, EUA.

Se o deserto de Utah fosse cenário para o mais novo filme de Mad Max, ali seriam filmadas as cenas da gangue de motoqueiros Rock Riders, que protegem um cânion de rochas arqueadas a leste da citadela.
7 - Hombori, Mali.

Na transição entre o deserto do Saara e a região menos árida ao sul do Mali, no centro-norte da África, estão as formações rochosas curiosas de Hombori. Além das belezas naturais, o lugar, repleto de cavernas e antigas construções de rocha, guarda um riquíssimo sítio arqueológico.
8 - Canoa Quebrada, Brasil.

Se não fosse a praia logo ali embaixo, o visual das falésias de Canoa Quebrada, no litoral cearense, dariam a impressão de que estamos num infinito deserto de paredões. É possível passear por entre os paredões a pé, mas a maioria dos visitantes curte "voar" por ali em passeios de paraglider.
9 - Deserto do Saara, Marrocos.

O deserto mais quente do planeta não poderia ficar de fora de uma seleção Mad Max: em Marrocos, é possível explorar a imensidão das dunas do Saara - tomando muito cuidado para não se perder com o calor e o sol forte.
10 - Outback, Austrália.

Quem quiser fixar a Austrália na memória até o resto da vida precisa conhecer o Outback - o gigantesco platô árido, de terra avermelhada, serviu de inspiração para o cenário das primeiras produções de "Mad Max", com o inesquecível Mel Gibson, lá pelos idos de 1980.
Fonte: Viagem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...